COMO TER EXPERIÊNCIAS INCRÍVEIS VIAJANDO PARA PARQUES AQUÁTICOS

Antes de ir, vale investir tempo se informando sobre as atrações do parque, tanto as novidades  quanto as conhecidas, então planeje para  aproveitar melhor o tempo e evitar frustrações.

Uma viagem que tem como destino um dia (ou vários) cheio de diversão em um parque aquático é certamente uma escolha que agrada toda a família, pois oferece programação que atende crianças, jovens, adultos e idosos, sendo uma escolha assertiva para quem viaja sozinho, em casal ou acompanhado de mais pessoas.

Com águas cristalinas e mornas, as piscinas dos parques são um convite ao relaxamento e à diversão, mas para que a sua experiência seja inesquecível é importante criar um planejamento das atividades para aproveitar melhor o tempo e as atrações, afinal, os parques são grandes e alguns dos brinquedos são muito concorridos, tendo filas de espera.

Primeiramente, é importante entender quantos dias você terá para desfrutar das atrações do parque. Esse fator é fundamental para criar uma experiência que vai ficar na memória. Se for apenas um dia, o ideal é conhecer previamente pelo site do parque as principais atrações que atendem o perfil etário das pessoas que estão na viagem, garantindo, assim, que sejam privilegiadas as atividades consideradas mais especiais.

Além disso, criar um roteiro para conhecer todas as atrações dos parques, possibilita que você curta no primeiro dia as que são consideradas essenciais para sua experiência e nos demais dias aproveite os outros brinquedos, como toboáguas e piscinas.

Parque aquáticos também são ambientes para descanso

Para quem acredita que os parques aquáticos possuem apenas muita adrenalina e toboáguas de tirar o fôlego, os locais também promovem experiências incríveis de descanso como ofurôs, bangalôs privativos à beira de piscinas tranquilas, onde é possível descansar e até tirar um cochilo, diversas espreguiçadeiras, bares e restaurantes nas piscinas, onde é possível petiscar sem sair de dentro da água.

A flutuação em bóias é uma outra atração disponível em vários dos parques aquáticos brasileiros. É possível deitar em uma bóia e seguir o percurso da piscina por horas, sendo uma opção relaxante e divertida.

Ilhas infantis com brinquedos específicos para os pequenos também são uma realidade, com mini toboáguas, chuveirões, balanços, e muitos personagens que deixam a viagem ainda mais mágica e inesquecível para as crianças, e claro, também para os adultos.

Aposte em calçados aquáticos

É um dia intenso. Como os parques são grandes e as atrações nem sempre ficam muito perto uma das outras, é preciso disposição para andar. Um item interessante para investir e garantir mais qualidade à sua viagem é um sapato aquático, assim você pode caminhar com tranquilidade pelo parque e também pode usar nas atrações. Caso esteja de chinelos, muitos toboáguas e brinquedos pedem para ingressar descalços, mas o uso de calçados aquáticos é permitido.

Invista em um guarda-volumes

Todo parque aluga aos visitantes guarda-volumes e eles são essenciais para que você possa curtir o seu dia sem preocupações. Nele é possível deixar mochilas, toalhas, óculos de sol e até mesmo guardar em uma bolsa térmica com itens de alimentação dos pequenos como papinhas e frutas – que normalmente não são vendidos nos parques, portanto é permitido levar.

Protetor solar é mais do que necessário

Aposte em versões que oferecem proteção UVA e UVB elevada, quanto maior a proteção, maior a segurança da sua família ao longo do dia. Mas lembre-se que é preciso passar o protetor algumas vezes ao longo do dia. A depender da marca é preciso retocar mais ou menos vezes, sempre importante ler as instruções e reforçar a proteção pois durante o dia há muita exposição ao sol.

Fique de olho na alimentação

Os parques possuem restaurantes e lanchonetes para atender a demanda de alimentação dos visitantes. Desde opções mais leves às mais pesadas, é possível encontrar de tudo. Se a intenção é passar o dia todo nas piscinas, aposte em lanches leves para curtir mais tempo as atrações. Mas, se a ideia é também conhecer a gastronomia do local, curta uma refeição completa e depois um descanso nas espreguiçadeiras, assim, seu corpo tem tempo para fazer a digestão antes de voltar a se divertir nas piscinas.

Leve uma troca de roupas e agasalhos

Após a diversão, os parques oferecem vestiários para que um banho quente acalme o corpo após a piscina. É essencial para retirar o cloro da pele, principalmente das crianças e idosos, que possuem peles mais sensíveis. Não se esqueça de levar um bom hidratante para a pele, afinal, são muitas horas expostos às piscinas com cloro. Ter um agasalho na mochila também é importante, pois se o tempo mudar, e estar preparado para não passar frio é importante para garantir bons momentos por completo.

Identifique as crianças

Invista em plaquinhas de identificação para as crianças com telefone de contato dos pais. Como os parques são grandes e há muito estímulo visual para as crianças, não é difícil que elas se entretenham e acabem afastando-se dos pais ou responsáveis, por isso, incluir uma identificação ajuda a encontrar os pequenos de forma eficaz.

Capas aquáticas para o celular

Incluir os celulares em capas aquáticas é uma maneira eficaz de proteger os aparelhos e ao mesmo tempo registrar os melhores momentos com a família no parque, garantindo registros das melhores memórias das férias.

Agora que você já sabe algumas das principais dicas para curtir os parques aquáticos, que tal usar sua assinatura de viagem para escolher um destino com muitas piscinas para se divertir com a família? Além de ingressos, a RDC também oferece hospedagens em hotéis integrados a parques aquáticos. Vale a pena conhecer todas as vantagens e a flexibilidade de utilização da Assinatura de Viagem RDC.